apoio dos pais

Muitos jovens me falam sobre a falta de apoio dos pais, que não tem o incentivo dos pais na prática do vôlei.

Eu acredito que ter o apoio dos pais te dá uma segurança muito grande pra você seguir em frente.

No meu caso, meus pais sempre me incentivaram mesmo sem saber se eu seria uma grande atleta ou não, mesmo sem saber onde eu poderia chegar.

A partir do momento que eu falei pro meu pai que eu gostava de vôlei, eu quero fazer um teste, eu quero seguir em frente, meu pai sempre me incentivou muito.

Na época do Centro Olímpico (COTP) eu tinha uma amiga que passou por uma situação inversa a minha. Onde os pais dela não incentivavam porque achavam que ela tinha que estudar e não ser uma jogadora de vôlei.

No dia do nosso teste, meu pai teve que substituir os pais dela, e eu vi a dificuldade dela de querer muito realizar um sonho sem o incentivo dos pais.

É muito complicada essa situação. Mas ao mesmo tempo eu acredito que, quando você realmente quer seguir profissionalmente no vôlei, você tem que explicar para seus pais que é o que você quer, que é o que você gosta.

Para que os pais possam entender que pode ser que dê certo, pode ser que não, mas que é legal incentivar o filho para que ele continue a fazer uma atividade que ele gosta.

Se o seu pai e sua mãe não te incentivam, mostra pra eles que é o que você quer. Diga pra eles que independente do que acontecer, se você vai ser um profissional ou não, se você vai seguir carreira ou não, é um sonho e uma vontade que você tem.

Às vezes só falta um pouco de informação para os pais entenderem que o esporte vai trazer benefícios para você, vai te ajudar a ser uma pessoa melhor e trazer alegria.

Muitas vezes falta mostrar para os pais o que realmente é o esporte. Porque muitas vezes os pais acham que você vai largar tudo e que o voleibol não vai te dar futuro.

Por isso é importante continuar estudando. Eu sempre consegui conciliar o esporte com o estudo e isso dá uma segurança para você e para os seus pais também.

 

Por que é importante buscar o apoio dos seus pais?

Quando você tem o incentivo dos seus pais tudo fica mais leve. Você consegue fazer o que tem que fazer com mais tranqüilidade porque você sabe que está sempre apoiada.

Quando os pais não te incentivam é como se você tivesse fazendo alguma coisa errada, que contrariasse a vontade da família ou escondendo alguma coisa. Então você nunca vai conseguir ser totalmente feliz. Vai sempre estar faltando alguma coisa.

Às vezes os pais pensam que o filho não tem talento, não tem jeito para o esporte. É importante ver os benefícios que o esporte vai trazer. Além do fato de que é possível trabalhar no esporte de uma outra maneira, ser técnico ou mesmo preparador físico.

Mostre para seus pais que, se eles estiverem do seu lado, com certeza a sua realização vai ser muito maior.

Porque muitas vezes você não tem com quem dividir alguma coisa e você sabe que seu pai tá ali. Em momentos onde eu jogava mal e tinha aquela insegurança, achando que estava fazendo tudo errado, e do nada recebia um abraço do meu pai, simplesmente apoiando e mostrando que ele está ali independente de ganhar ou perder.

Nesses momentos que meu pai estava perto sempre foram fundamentais para não desistir. Se não tivesse eles tão próximos eu não teria tido forças para continuar e seguir em frente.

Eu sempre conversei muito com o meu pai sobre isso, sobre esporte sobre como estava indo minha vida. Meu pai sempre foi uma pessoa muito coerente no sentido de demonstrar que tudo dependia de mim. Você vai ser atleta então você tem que descansar, estudar, se alimentar bem. Essas eram minhas responsabilidades mas ele nunca deixava eu sozinha porque ele sabia que eu era muito jovem

E se meus pais não me apoiarem?

Eu acredito que tô num momento onde eu tento compreender um pouco mais do que as pessoas estão vivendo.

Estou me dedicando para passar tudo que eu aprendi, tudo que eu vivi, para as pessoas que não tem incentivo dos pais, sentem medo, sentem insegurança. 

Nesse momento eu quero mostrar que você pode, sim, sentir insegurança, sentir medo de vencer, porque faz parte da vida, faz parte do esporte. Quero mostrar que é possível você ir atrás do seu sonho assim como eu segui o meu!

Conte comigo nessa e #borajogarvolei